O blogue "Diário de um sociólogo" foi seleccionado em 2007 e 2008 pelo júri do The Bobs da Deutsche Welle - concurso internacional de weblogs, podcasts e videoblogs - como um dos dez melhores weblogs em português entre 559 concorrentes (2007) e um dos onze melhores entre 400 concorrentes (2008). Entrevista sobre o concurso de 2008 no UOL, AQUI.
Para todas aquelas e todos aqueles que visitarem este diário, os meus votos de um 2018 habitado pelo futuro, pela confiança, pela tranquilidade e pela saúde. Sintam-se bem e regressem sempre a este espaço criado a 18 de Abril de 2006. Abraço índico.
Myspace Layouts

27 dezembro 2011

Apóstolos políticos

O país tem três tipos de apóstolos políticos: da graça, da desgraça e de Jano.
Os da graça apenas celebram virtudes e vitórias; os da desgraça encontram somente defeitos e derrotas; os de Jano são aqueles que, eclécticos, entendem que o país tem avanços e recuos, virtudes e defeitos, vitórias e derrotas.
A catalogação do estado de nação é fortemente marcada por cada uma dessas estradas éticas, de asfalto moral denso, de recorte psicologizante acentuado.
Centrada em pessoas-em-si, coisas, números, aspectos individualizados e combate político, essa catalogação evacua permanentemente a análise clínica das relações sociais, dos conflitos de poder e prestígio, dos grupos e das classes inscritos em modos de produção e de distribuição concretos, o estudo rigoroso da formação e da reprodução do pensamento social.

5 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Hermenigildo Gamito pode cair na lista dos opostolos da desgraca! condenou o uso excesso de bens de estado na campanha de Cuamba! o meu amigo e colega de Faculdade Sergio Pantie , de forma nao academica quanto tanto gostarei de ver a reagir, Recusou, de forma bem "negada" que tal facto tenha acontecido......os segos de sexto sentido para sentir o que nao viram......

Langa

27/12/11 8:22 da manhã  
Blogger Salvador Langa said...

Ora então bom dia Professor neste dia 27. Apóstolos...Eu costumo dizer "militantes".

27/12/11 9:59 da manhã  
Blogger TaCuba said...

Os "apóstolos da graça" andam mais cautelosos...

27/12/11 3:55 da tarde  
Blogger Tomás Queface said...

Eu arrisco em adicionar que os apóstolos passam a ser da graça quando o seu partido, grupo ou movimento detém e exerce o político. Mas estes deixam de ser da graça e pasam a ser apóstolos da desgraça no momento em que se transformam em grupo de pressão. Aqui, não vê nada de positivo todas as propostas vindas do grupo a quem se opõem.

27/12/11 4:42 da tarde  
Blogger Felippe said...

Prezado professor, pela interseção da Graça com a Desgraça apareceu Jano, no melhor sentido da palavra; e não poderia ser diferente pois o mundo foi feito de erros e acertos, de frente e verso. Cabe ao ser social ter a oportunidade de reconhecer a si mesmo numa ação coletiva, ética e moral( pois são os lados de uma mesma moeda), por princípios, para a reação vir à cabo. O probo subterfúgio dos que individualizam o ser como uno e consequentemente se transvestem de relações sociais efêmeras, está na vitrine de sua própria "produção", sendo eles capazes sim, da indução de transformar o indivíduo social capaz de produzir o pensamento social(coletivo), em um objeto.

28/12/11 12:49 da manhã  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home